sábado, 20 de outubro de 2018

NGONI




Criação dos Deuses...
“Build me a beast. Don’t build me a wolf in sheep’s clothing.” , “Exciting”, “Radical”, “Edgy”, “Stunning”, palavras do responsável pela encomenda...
E a obra nasceu...

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Sir-Ernst na Patagónia



"Sir-Ernst" pelos canais da Patagónia.
Seguimos as suas aventuras há muito tempo, no norte da Europa, agora no Sul das Américas...
De vez em quando vamos ver os seus videos, ajuda-nos a manter o sonho vivo...
Merci et Bons vents!

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Macif remodelado...



Agora com foils e uns "braços" entre flutuadores que parecem asas...
Se já voava, agora mais e mais rápido...

terça-feira, 16 de outubro de 2018

A really great big story

Hard Ship | A Really Great Big Story from Great Big Story on Vimeo.

De facto!
Uma prova de aventura em águas geladas, ventos, chuva...à vela ou à custa dos braços nas costas de Alasca.
750 milhas, sem motores, sem ajuda, nas graças da nossa Mãe Terra.
E se já difícil é, imagine para atletas com limitações físicas...
Gigantes..., vale a pena ver!

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

La Voix de L'Océan em Leixões, Longitude 181


Um Open de 50 pés que participa na Route du Rhum está ancorado na Marina Porto Atlântico em Leixões.
Uma "bomba de 15 metros de comprimento, tripulado pelo navegador francês Eric Jail que se qualificou para a famosa regata oceânica que se irá realizar entre Saint Malo e Pointe-à-Pitre em Guadalupe com início no próximo dia 4 de Novembro.


Longitude 18, La Voix de l' Océan, patrocinador deste veleiro, é uma associação de protecção dos oceanos fundada por Franco Sarano e Vincent Ohl, e cujo presidente honorário é Albert Falco, mergulhador e capitão do célebre Calypso de Jacques Cousteau.

 

domingo, 14 de outubro de 2018

JPK em Leixões



Existem veleiros quase perfeitos...
E se houvesse uma lista, este JPK 45 estaria lá ...
Performance, segurança, autonomia, habitabilidade, design...
Mais informações: http://www.jpk.fr/

Por estes dias em Leixões, um JPK da família..., talvez em resguardo do furacão Leslie.


sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Reconstruir o passado



Quando a cultura náutica existe, os estaleiros tradicionais sobrevivem...
Por cá, salvo raras excepções, é o que se vê...

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Viver a bordo...



Sonho de muitos...
Uma visita e descrição simples para os não ainda "iluminados" por esta enorme paixão que é a vela e as coisas do mar.

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Novas ideias para instalar linhas de vida



Mais um video da escola Náutica Navarra, desta vez com novas ideias para a linha de vida.
Colocar uma linha de vida na retranca ... não deixa de ser uma opção para navegações mais calmas mas em situações difíceis será mais seguro estar amarrado a algo mais sólido... (casco). Quanto ao cabo elástico parece ser notória a vantagem de aumentar a amplitude dos movimentos .

sábado, 6 de outubro de 2018

Sunreef 60 ou 80...



What matters?
60, 80... para quem está habituado ao 30, 30 e pico... acima de 60 é tudo enorme...
Penthouse flutuante...

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Swan 56



Esta semana passou um em Leixões.
Um sonho...chamado Swan 56...
"Sail in Libertad", 3º vídeo, aventura de travessia do Atlântico.
Thanks for sharing and fair winds!


quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Txantxiku, hora de partir!

última saída de Leixões, rumo à Marina da Póvoa de Varzim

Em 2 de Maio de 2015, publicamos o seguinte post...

Nome estranho, galego porventura, mas é como todos os nomes, é nome, e nome de gente, coisa que anda na água e tem alma...
É dum ETAP 28, recém chegado à nossa costa, à Póvoa, a nova "menina dos olhos" do nosso amigo Pedro Reis, fã deste blog e que já há algum tempo sabíamos do seu processo (sempre difícil) de mudança de embarcação (vende-se uma, escolhe-se e compra-se outra, nem sempre por esta ordem...).
Temos a sorte de este nosso amigo e seus companheiros na odisseia, partilharem connosco a sua viagem. Obrigado!
As coisas também são boas porque são partilhadas...

Caros amigos, bons ventos!

Post completo.... aqui!

e em 24 de Junho desse mesmo ano, publicamos...

E da história narrada em 1ª voz pelos protagonistas da viagem, uma promessa foi feita aos Amigos da Vela: uma descida às águas de Leixões! Promessa feita e cumprida de forma brilhante este Sábado!
Mobilizados os amigos da vela possíveis nesta época já de quase férias e fins de semana de praia com a família, foi combinado um percurso à vela muito especial: TXANTXIKU saía da Póvoa às 9:00 em direcção em Leixões (12 milhas náuticas), de Leixões sairíam os veleiros para Norte até ao seu encontro! Bogavante  (com Salpico III representado a bordo), MINI e Hurry Can, foram as embarcações que aceitaram o desafio!

Post completo ... aqui!

Pois é amigos, o mundo é composto de mudança...
A semana passada foi o VOGA; agora foi a vez do TXANTXIKU, uma parte de nós vai com eles...
3 anos depois de ter descido dos mares da alta Galiza, ruma ao Mediterrâneo, grande viajante...
Navegações conjuntas, uma subida à Galiza, muitos momentos felizes, momentos também de fim de tarde de alegre convívio a bordo... grande veleiro, obrigado Pedro!
Mas como quem muda Deus ajuda... Bons ventos!


hora de partida na marina da Póvoa de Varzim





terça-feira, 2 de outubro de 2018

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Malolo, só com a energia das ondas...

Malolo from Kai Lenny on Vimeo.

Quem faz vela sabe bem aproveitar a energia que a nossa Mãe natureza dos dá através dos ventos e também através das ondas. E destas os surfistas sabem bem aproveitar-se...
Mas mais recentemente, a tecnologia permitiu outra opção: surfar ou velejar em voo rasante...
Boa semana!

sábado, 29 de setembro de 2018

Último sunset deste Verão


Não foi um sunset sail...mas foi mágico também, o último sunset deste Verão.
A conversa, os copos, o ambiente zen do deitar do dia e do levantar da noite, embalados pelo canto das ondas e a música de fundo ... no meu, nosso paraíso, secret spot...
Momentos que chegam mas não partem, pois na memória ficam.
No mar e na terra (com o mar à vista...), viva a vida.



sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Voga, viagem para a sua nova casa...


Todo o mundo é composto de mudança...
E o Voga que durante anos sulcou os mares de Leixões em muitos percursos à vela dos Amigos da Vela e não só, mudou de lar e família...
Felizes os novos donos que recebem um Beneteau First 211 de 2000, uma criação ímpar da Beneteau (J.M. Finot e Pascal Conq) que ainda não foi capaz, 26 anos depois do seu lançamento (Salão de Paris em 1992), de substituir esta sua criação retocada ao longo de algumas versões desde a primeira (First 210) sem adulterar o seu casco e o conceito.
Foi ontem para a Ria de Aveiro onde talvez se concentre hoje a maior frota destes veleiros em Portugal. Via grupo WhatsApp e em terra, muitos amigos da vela acompanharam esta viagem de 33 milhas náuticas dos nossos amigos Ricardo e Carlos, viagem que se iniciou em Leixões às 8:20 e que finalizou às 15:15, ou seja 7 horas depois.
Mar chão em todo o percurso,  tempo ainda de Verão, vento inexistente ou fraco que colocou à prova o fantástico motor Mercury de 6 cv a 4T que a cerca de 3/4 da sua rotação e sempre em serviço para ajudar à missa, gastou cerca de 8 litros... (mais eficiência não é possível...). Média global 4,7 nós, consumo combustível 1,14 litros / hora ...
E se na entrada da Barra da Aveiro os golfinhos deram as boas vindas, em São Jacinto, fim da viagem,  as honras das casa foram da responsabilidade dos novos donos que calorosamente receberam o Voga e os nossos amigos.
A eles e ao Voga neste novo lar e vida, bons ventos e sigam o nosso blog!

combustível...
Barra à vista!

Nota: fotos da viagem de autoria de Ricardo Guerreiro

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

26th Cutter ... de 1905



História e magia...
3 anos em restauro, uma preciosidade, um prazer para os sentidos...
Como devem estar orgulhosos os seus proprietários...

domingo, 23 de setembro de 2018

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Os melhores "drone shots"



Que estas máquinas voadoras nos permitiram alcançar imagens sem igual...estamos todos de acordo! E a última Volvo Ocean Race é a prova disso!

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Homely Dinghy



Traduzindo... tornar um dinghy a nossa casa no mar, numa enseada, ou a seco no meio duma pradaria...
E há quem se queixe de falta de espaço num 21, 22, 24 e mesmo 26 pés, devidamente cabinado...
Com imaginação e muita paixão... tudo é possível!

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Sun Odissey 410 - novidade, visita guiada...



Um 40 pés cheio de luz, espaço e funcionalidade no interior e exterior.
Design mais que agradável seja qual for a perspectiva, conforto, uma receita difícil de não dar em sucesso..
Quem estiver interessado...
https://www.jeanneau.pt/boats/2-sun-odyssey/629-sun-odyssey-410


sábado, 15 de setembro de 2018

Sunset Sail, mais um percurso dos amigos da vela...


Começa a ser tradição, um break a meio da semana, after work.
Ainda é Verão, o deus Sol ainda está connosco uma horita pelo menos, mas a avisar que se vai deitar cada vez mais cedo, há que aproveitar...
A magia da vela, do mar, da saída ao fim do dia, do pôr do sol, do regresso a porto seguro já de noite, o convívio com os amigos no mar, no cais e no CNBM, mais conhecido como Club Nautic Brise de la Mer...

  Foto anterior de Ricardo Guerreiro, todas as restantes não assinaladas da autoria de Francisco Alba
 Foto anterior de Ricardo Guerreiro, todas as restantes não assinaladas de Francisco Alba
 Foto anterior de Luís Cunha, todas as restantes não assinaladas de Francisco Alba


sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Como fundear



Video um pouco extenso mas que mesmo assim merece a nossa atenção.
Fundear nem sempre é fácil e quase sempre não se treina o suficiente, em especial por quem anda por esta costa do Atlântico de Portugal com pouquíssimos locais para fundear.
Boa aula...

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Surface



Com imagens destas, o melhor é ver e ouvir...

https://roam.media/surface-ben-thouard-tahiti/


sábado, 8 de setembro de 2018

Coast 250



7,5 metros, veleiro e lancha, um conceito especial... mas que tem o seu nicho de seguidores.
Apresentado recentemente e já nomeado para o melhor veleiro de 2019!
Performance à vela, velocidades na ordem dos 15 nós a motor...
Mais informações: http://swallowyachts.com/



quinta-feira, 6 de setembro de 2018

De Moaña (Ria de Vigo) a Leixões


Viagem mágica... 74 milhas desde Moaña até Leixões neste primeiro dia de Setembro.
Quase uma noite inteira, um nascer da Lua, uma alvorada, um nascer do sol, uma manhã de Verão quente quase sem vento...
Luar, mar de prata, esteiras brilhantes com planton bioluminescente, os planetas no céu, as estrelas, os golfinhos que em imensos momentos ao longo da noite se aproximaram e nos fizeram companhia, o vento de porão quase sempre a ajudar o vento do quadrante norte entre os 6 e os 14 nós que se ia fazendo sentir...as luzes a bordo, as luzes em terra, os faróis, a navegação...
A conversa, a atenção aos aparelhos de pesca, o reforço alimentar de vez em quando... a contemplação da noite e do momento, o passar pelas brasas à vez...
O leste poderoso às 4h da manhã na ordem dos 20 nós que durante 45 minutos a 1 hora "empurrou" o Moby Dick entre os 8, 9 e 10 nós... em surfadelas nas vagas de 1 metro com picos de 1,5 metros... A Lua  na proa lá no alto que nos indicava o caminho, a descida da vaga, a esteira brilhante, a terra pelo bombordo, algumas embarcações de pesca a estibordo... Sentimo-nos como na Volvo Ocean Race...vela grande toda em cima, estai ligeiramente enrolado, escotas da grande e do carrinho na mão para os necessários e rápidos alívios quando a tendência para a orça se fazia sentir com as rajadas... mágico...
E como veio, assim se foi o leste... o norte entrou outra vez fraco, vento do porão chamado ao serviço, Viana era já ali e a alvorada também...
E na alvorada os amigos do DIVA, Orion 2 e SALPICO III, que não tinham apostado no turno da noite... saíam das suas marinas da Ria de Vigo.
E a navegação continuou, água, Estrela de Galicia, empanada galega, sandocas, fruta, sumos, não faltava nada para se manter o ânimo...
E Leixões chegou às 13h20 com cerimónia de boas vindas a bordo do Horus onde umas saborosas moelas marinheiras marcaram presença...
14 horas e 20 minutos de viagem para sermos exactos, 74 milhas, uma média de 5,2 nós, máximos de 8,9 nós GPS Navionics, acima de 10 nós em relação à água, uma noite mal dormida mas bem vivida para sempre recordar...
Viva o mar, viva a vela, viva a vida ! (e os amigos da vela, claro!).
Caros leitores e seguidores deste blog, queridos amigos da vela, bons ventos!


Pedro Fernandes (le Petit Prince), Francisco Alba e António Soares (Moby Dick)
23h00 Moaña, Ria de Vigo
Nascer da Lua na Ria de Vigo (Vigo à direita)
Saida da Ria de Vigo, 10 milhas à frente
 as fotos possíveis dos primeiros golfinhos que nos visitaram, já próximo das Cies
o clarão de Baiona...
a alvorada já em Viana do Castelo
 O Minho, Stª Tecla, ficaram para trás com a noite...
amanhecer frio, se bem que não muito húmido, 6 horas de navegação já vencidas...
 momentos mágicos que valem só por si a viagem
7h15 aproximadamente
 hora de abrir a empanada para comemorar o nascer do sol...
a manhã a aquecer...
Póvoa ao fundo...
Torres de Ofir pelo través (com objectiva)
o calor do ar reflectia e distorcia imagens na superfície da água
 Póvoa de Varzim
torres da refinaria de Leça na proa
Farol de Leça (já avistávamos a sua luz de noite entre Caminha e Viana)
13h20 chegada a Leixões